SANDRA LAURITA
A Poesia vive em Mim.
Textos
BATA NA PORTA
Quando resolveres voltar
Desta vez bata na porta
Não entre como se tivesse o direito
De ir e vir levando sempre
Um pedaço de mim.
Bata na porta e me faça sentir
Que meu coração tem dono.
Bata na porta e me arranque deste mundo
Onde só existe eu e o fantasma da partida
Porque partes toda hora
Sem licença, sem despedida
E fico aqui
Na espera de tua vinda!
Sandra Laurita
Enviado por Sandra Laurita em 22/11/2020
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras