SANDRA LAURITA
A Poesia vive em Mim.
Textos

Imagem by Pinterest

 

 

Mais um Trago (BVIW)

Tomo um trago e logo lembro de todo o trabalho que me espera. O Santo, aquele que designei para iluminar os meus caminhos, já nem aguenta mais ouvir minhas súplicas, ano após ano eu coloco sobre seus ombros o peso de minhas responsabilidades. Me cobro quanto a isso, mas confesso, transito entre o procrastinar e o fazer. Celebro cada etapa cumprida, recupero o fôlego e busco com todas as minhas forças alcançar minhas metas, afinal, quem traça um objetivo tem que alimentá-lo todos os dias, não pode jogá-lo às traças e esperar lograr êxito.


- Garçom, por favor, mais um trago?!



                   Sandra Laurita



*Tema proposto : Crônica contendo as palavras : trago, trabalho, transito, celebro, recupero, traça, peso, Santo, cobro, ano.

-----------------------------------------

 

 

Interação do poeta Herculano Alencar

 

Mais um trago

 

Mais um trago! Celebro a boemia!

A vida me parece um ato falho,

Que fez do botequim o meu trabalho,

E o peso das paixões do dia a dia.

 

Enquanto recupero a poesia, 

Meu coração, contrito, ensaia um pranto. 

E quem olha pra mim enxerga um santo,

No flash de ilusão que a mente cria.

 

O trânsito dos versos num poema

É como uma fita de cinema, 

Que roda, e roda, e roda, ano a ano...

 

Enquanto a traça rói tudo o que sobra,

E os versos evenenam, como a cobra

Que pica o próprio rabo por egano.

 

         Herculano Alencar

 

 

Interação do poeta Raio Eterno

 

Trago à tona tua lembrança e me *cobro desse tempo perdido que não te busquei. Aproveito esse breve *trânsito e *recupero, com muito *trabalho, aliviando esse *peso que *traça nitidamente o destino que esteve contido há mais de um *ano e, assim, como um *santo, *celebro a oportunidade de ainda poder te ter. 

 

                                               Raio Eterno

 

 

Interação do poeta Ronnaldo de Andrade

 

TRAGO DAS HORAS (SPINA)

 

Tragado pelo tempo

nesse tempo virtual,

avistei-me lá sozinho.

 

Tudo encontrava-se à minha espera:

o trabalho, velha pantera esfomeada,

olhava-me... gritava com seu jeitinho

para eu expulsar essa procrastinação;

procurei reagir. Inútil. Oh, descaminho!

 

          Ronnaldo de Andrade

 

 

Interação do poeta Alcir Andrade

 

SOZINHA

 

Estava sozinha no bar

Tomando um chopp

Fumando um cigarro

Fone de ouvido para relaxar.

 

Mulher sozinha quer companhia

Diziam os pretendentes chatos

Não queria ninguém no momento

Sorriso nos lábios para disfarçar.

 

Tão bela, mas estava sozinha

Será que o namorado não veio

Mais um chopp e um cigarro

Estava com vontade de dançar.

 

Mas ela estava sozinha ali

Fumando um chopp

Tomando um cigarro

Talvez rock'n roll para relaxar.

 

Levantou, saiu como entrou

Perdeu a conta dos chopps

Não tem mais nenhum cigarro

Sou taxista, ela está no meu carro.

 

                   Alcir Andrade

 

 

Interação do poeta Barret

 

MAIS UM TRAGO PARA MIM TAMBÉM

 

Não tenha pressa garçom

Só sairei daqui sem receio

Traga apenas um trago te peço

Na saideira quero um bem cheio

 

Hoje eu mato esse trabalho

Essa maldita ansiedade

Ou procastino para amanhã

E farei tudo de verdade

 

O santo me guarda, me atura

Quero um trago para eu dar

para o santo ele bebe também

 

Hoje é meu dia, hoje eu bebo todas

Mas não vou assim continuar

Agora o cheio... E nada para ninguém

 

                            Barret

 

 

 

 

 

 

Sandra Laurita
Enviado por Sandra Laurita em 01/03/2022
Alterado em 03/03/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras